Skip to main content

A primeira Convenção Virtual do Rotary nos inspirou a inovar e permanecer em contato

Nossa primeira Convenção Virtual teve mais de 60.000 inscritos e 175.000 espectadores na semana em que foi realizada. Esse sucesso mostra que os associados e participantes do Rotary estão encontrando maneiras de vivenciar o companheirismo e a diversão, partes fundamentais de qualquer Convenção do Rotary, apesar da pandemia de covid-19 que forçou o cancelamento do evento presencial que teria acontecido no Havaí.

A sessão plenária de abertura foi ao ar em 20 de junho, computando quase 19.000 comentários dos internautas durante seus 75 minutos de duração. Isso mostra a disposição das pessoas em se engajar e permanecer em contato nesta época sem precedentes.

O presidente do RI, Mark Maloney, reconheceu que cancelar a Convenção presencial de 2020 foi uma decisão difícil, mas que se inspirou na forma como o mundo rotário se manteve conectado, adaptando-se às circunstâncias e colaborando ao bem-estar comunitário em meio à pandemia.

Mark disse que os tempos inusitados que estamos vivendo forçaram o Rotary a se ajustar e buscar maneiras diferentes de crescer. “Estamos vendo em tempo real a importância de criarmos novas experiências nos clubes”, afirmou. “Estávamos prontos para realizar a Convenção mais verde da história, e adivinhe o quê? Conseguimos! Ao nos encontrarmos on-line, não precisamos viajar de avião, usar veículos terrestres nem usar os serviços de hotel e do centro de convenções. Isso tudo contribuiu para que nossa pegada de carbono no período fosse muito pequena.”

Para crescermos, é preciso que o nosso alcance vá muito além das reuniões.


Refletindo a importância do meio ambiente para a família rotária, logo após a Convenção a organização anunciou que havia adotado o apoio ao meio ambiente como uma de suas áreas de enfoque.

Mark Maloney acrescentou que, no início de seu mandato há um ano, o Rotary estava promovendo a importância de melhorar sua capacidade de adaptação, um dos pilares do Plano de Ação da entidade. "A origem do Plano de Ação veio da necessidade, já que, para crescermos, é preciso que o nosso alcance vá muito além das reuniões."

Outros líderes mundiais e de organizações parceiras falaram sobre como estamos nos unindo para ajudar uns aos outros durante a pandemia. Em vídeo, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, disse que precisamos trabalhar juntos para solucionar os problemas que estão enfraquecendo nossas sociedades.

“A sua dedicação à erradicação da pólio, ao fortalecimento de comunidades, ao bem-estar de populações vulneráveis, e à construção de um mundo mais sadio, seguro e pacífico faz uma imensa diferença para o bem comum”, ressaltou António Guterres.

Um painel de especialistas em saúde global discutiu como a infraestrutura que o Rotary e seus parceiros usam para a erradicação da pólio ajudou as comunidades a lidar com as necessidades trazidas pela covid-19.

O Dr. Christopher Elias, presidente da Divisão de Desenvolvimento Global da Fundação Bill e Melinda Gates, disse que o esforço de erradicação da pólio tem recursos incríveis, incluindo testes laboratoriais, vigilância e centenas de milhares de profissionais de saúde.

“Em praticamente todos os 50 países onde a iniciativa de erradicação da pólio está ativa, esses recursos foram usados para atender às demandas impostas pela covid-19”, informou Christopher. "O mundo está se beneficiando muito da infraestrutura erguida para combater a poliomielite nas últimas três décadas.”

O painel foi composto por Henrietta Fore, diretora executiva do Unicef; Rebecca Martin, diretora de saúde global do Centro Norte-americano de Controle e Prevenção de Doenças; e Dr. Bruce Aylward, consultor sênior para o diretor geral da Organização Mundial da Saúde.

Alisha Davis, jornalista e ganhadora do Emmy, apresentou um vídeo com rotarianos combatendo a covid-19 ao redor do mundo. Ela também entrevistou algumas pessoas sobre como elas se adaptaram às reuniões on-line.

Holger Knaack, que assumiu a presidência do Rotary em 1° de julho, disse que os clubes continuam atuando e inovando nestes tempos de incertezas.

“Nossa atuação e inovação abrem muitas oportunidades para nós, de aprendermos com nossas experiências e nos adaptarmos às circunstâncias”, ressaltou Holger. “Temos que aproveitar e valorizar este momento, entendendo a nova realidade para receber colaborações e criar melhores formas de causar impacto no mundo.”


Assista à Convenção

Os workshops abordaram engajamento de associadosplanejamento de eventos ecologicamente corretos, novos tipos de clubestendências digitais e outros tópicos.

O entretenimento ficou por conta do quarteto australiano ARIA e do virtuose de ukulele Jake Shimabukuro.

Mais de 5.000 pessoas participaram do desafio da caminhada, com mais de 800 pessoas alcançando 50.000 passos. Os três primeiros colocados ganharam inscrições de cortesia (com direito a acompanhante) para a Convenção do Rotary International de 2021 em Taipei, Taiwan, e ingressos para a Casa da Amizade. São eles:

  • Tsegamlak Tsigie, do Rotaract Club de Mella, Etiópia
  • Mary Zongolowicz, do Rotary Club de Sun City, EUA
  • Wendy Kissel, do Rotary Club de Middletown, EUA

As doações on-line à Fundação Rotária aumentaram em 63% durante a Convenção. O aumento também se deve ao apelo anual do Rotary no final do ano e a um pico nas doações que é típico de junho, o final do ano fiscal.

Os workshops continuam em julho para começar o ano rotário com bastante aprendizado.

Assista às gravações das plenárias:

Assista às gravações dos workshops e visite a Central de Aprendizado para baixar os slides e materiais mostrados nas sessões.

Participe dos workshops de julho.

Fique por dentro das novidades do Rotaract e do Intercâmbio de Jovens assistindo seus eventos pós-convenção.

Visite a Casa da Amizade Virtual, aberta 24 horas até 31 de julho.

Inscreva-se agora para a Convenção em Taipei, de 12 a 16 de junho de 2021, e economize.

Leia o relatório do secretário-geral.

Leia o relatório do tesoureiro do RI.