Skip to main content

Declaração de posicionamento do Rotary International e da Fundação Rotária sobre vacinação.

Skip to main content

Como a primeira organização a imaginar um mundo livre da pólio por meio da imunização infantil em massa, o Rotary acredita que a decisão de nos vacinarmos é um dever humanitário. Veja a seguir a declaração do Conselho Diretor do RI e do Conselho de Curadores da Fundação Rotária sobre o assunto:

  1. A vacinação global é o caminho para o fim da pandemia, e incentivamos veementemente a vacinação de todos os indivíduos, inclusive nossos associados.
  2. A desinformação dificulta a luta contra a covid-19, e nós estamos comprometidos a fornecer aos associados informações baseadas na ciência.
  3. O Rotary está empenhado em garantir a equidade no acesso à vacina para todas as pessoas. Por meio de esforços conjuntos com a Aliança Gavi, estamos alavancando nossa experiência com a poliomielite para facilitar a distribuição da vacina.
  4. O Rotary agradece os profissionais de saúde de todos os lugares por continuarem prestando serviços que salvam vidas. Nós encorajamos os clubes homenagearem e incentivarem esses heróis.
  5. Rotary e Rotaract Clubs são incentivados a redobrarem seus esforços para apoiarem iniciativas de prevenção e vacinação contra a covid-19.
  6. Como um dos maiores avanços da medicina moderna, as vacinas são seguras, eficazes e salvam milhões de vidas anualmente. Elas já eliminaram ou controlaram inúmeras doenças, como poliomielite, varíola, sarampo e ebola, e agora nos dão a oportunidade de acabar com a pandemia de covid-19.
  7. A erradicação da pólio continua sendo a meta prioritária do Rotary. Nós podemos continuar aplicando as lições aprendidas com o combate à pólio ao enfrentamento da covid-19.
Como a primeira organização a imaginar um mundo livre da pólio por meio da imunização infantil em massa, o Rotary acredita que a decisão de nos vacinarmos é um dever humanitário.