Skip to main content

Rotary e o impacto do coronavírus: perguntas frequentes


Tópicos:


Subsídios

Como pessoas em ação, nossos associados querem encontrar maneiras de combater a covid-19 e auxiliar as pessoas afetadas. A Fundação Rotária oferece diversas opções que os rotarianos podem usar para ajudar a proteger e cuidar dos moradores das suas comunidades e de outros lugares do mundo.

Meu distrito pode usar Subsídios Distritais para custear projetos relacionados à covid-19?

Sim. Os distritos podem usar tais fundos para apoiar atividades locais, como a compra de termômetros, equipamentos de proteção ou outros itens para serem doados a profissionais da área médica. Além disso, é possível usar fundos de um Subsídio Distrital em aberto ou reformatar atividades previamente planejadas para combater a covid-19.

É possível usar um Subsídio Global para custear projetos relacionados à covid-19?

Sim. Os Subsídios Globais continuam sendo uma excelente maneira de causar grande impacto em comunidades. Se equipamentos médicos forem necessários para lidar com a covid-19 de maneira eficaz, os Subsídios Globais podem ser usados para ajudar no pagamento de tais itens. Os pedidos devem atender aos requisitos de elegibilidade, conforme indicado nos Termos e Condições e nos Princípios Gerais das Áreas de Enfoque. 

Posso solicitar um Subsídio para Assistência em Casos de Desastres no caso de projetos relacionados à covid-19?

Não. Esses subsídios não estão mais disponíveis para apoiar projetos de combate à covid-19.

Meu clube ou distrito pode usar fundos de subsídios da Fundação Rotária para comprar vacinas contra a covid-19?

Não. Tais fundos não podem ser usados para a compra de vacinas. Essa restrição se aplica a Subsídios Distritais, Globais e para Assistência em Casos de Desastres.

Para mais informações, entre em contato com o funcionário de subsídios responsável pela sua região.

 

Vacinações contra covid-19

O Rotary terá algum papel nas vacinações contra covid-19?

Sim. Nós colocaremos em prática as décadas de experiência que temos com a pólio, defendendo o poder e eficácia das vacinas. Nossas parcerias, espírito inovador e tenacidade podem ampliar a proteção pública contra o coronavírus. 

O Rotary e seus parceiros na Iniciativa Global de Erradicação da Pólio (GPEI) anunciaram recentemente que estão prontos a apoiar a introdução e entrega das vacinas. A GPEI também está empenhada na distribuição equitativa da vacina contra covid-19, dando todo o apoio para que as comunidades tenham acesso equitativo à imunização.

Em breve, mais informações e recursos serão passados aos clubes e distritos. 

O Conselho Diretor do RI e o Conselho de Curadores da Fundação estão tomando decisões em relação às vacinas? 

Estão sim. Em recente reunião conjunta, ambos os conselhos criaram uma força-tarefa que irá desenvolver e executar um plano para incentivar Rotary e Rotaract Clubs a apoiarem as vacinações. 

Como rotarianos e rotaractianos podem colaborar? 

Há várias maneiras de se envolver. Os associados podem contatar o órgão de saúde local para saber onde as necessidades são mais urgentes e oferecer seu apoio, instruir as pessoas sobre a vacinação contra covid-19 com informações fornecidas pelas autoridades locais e regionais de saúde, estabelecer contato contínuo com as representações de instituições com OMS e Unicef para defender e apoiar as suas atividades e assegurar que todas as comunidades recebam a vacina. 

E quanto à desinformação e hesitação em relação à vacina? Existem formas de combater esta situação?

Sim. O Rotary pede a seus associados que divulguem informações exatas e baseadas em fatos, tal como as fornecidas pelas agências de saúde locais. É importante também que eles divulguem nas redes sociais a hashtag #vaccineswork para reforçar a ideia de que as vacinas funcionam. Enfatizar o trabalho do Rotary contra a paralisia infantil é algo essencial. 

Os associados podem convidar profissionais da saúde para falar nas reuniões do clube, pedir aos canais de comunicação que divulguem os trabalhos locais, além da segurança e eficácia das vacinas. Para este fim, é importante salientar à mídia o nosso sucesso comprovado no combate à poliomielite.

A covid-19 ainda está se espalhando pelo mundo. O que os associados podem fazer para estancar a propagação da doença?

Eles precisam continuar participando de iniciativas que apoiem o uso de máscaras, distanciamento social, práticas adequadas de higiene e doações de itens de proteção individual. 

Acima de tudo, eles devem dar o exemplo. Ou seja, usar máscaras, praticar distanciamento social e divulgar na internet imagens que mostrem estas práticas. Depois de receber a vacina, cada associado pode compartilhar sua experiência pelas redes sociais. 

Como posso compartilhar minha atuação? 

É só postar no Rotary Showcase o que o seu clube e distrito estão fazendo para apoiar o lançamento e uso da vacina contra covid-19. 

 

Pólio

Como a pandemia de covid-19 está impactando a luta contra a pólio?

Devido ao nosso trabalho para erradicar a pólio, nós entendemos muito bem os efeitos devastadores de doenças transmissíveis. Com isso em mente, estamos totalmente comprometidos a apoiar os sistemas nacionais de saúde por meio da utilização de nossos conhecimentos e recursos para mitigar e conter a pandemia de covid-19, em paralelo à nossa iniciativa de combate à paralisia infantil. 

Usando a vasta infraestrutura desenvolvida para identificar o vírus e implementar campanhas de vacinação, o programa de erradicação da poliomielite está contribuindo para proteger contra a covid-19 as populações mais vulneráveis, sobretudo em países onde a pólio ainda é endêmica. Do Paquistão à Nigéria, estamos usando nossa experiência no combate a surtos para apoiar os governos na luta contra o coronavírus. Saiba mais.

Como combater a covid-19 se ainda estou me dedicando a eliminar a poliomielite?

O Rotary e os seus parceiros continuam firmemente empenhados em cumprir a promessa de vivermos em um mundo livre da poliomielite, e este trabalho continua enfrentando desafios. Ainda precisamos do apoio de rotarianos de todo o mundo para erradicar a pólio, e a forma mais importante dos associados continuarem lutando contra a paralisia infantil é levantando os US$50 milhões anuais para o Pólio Plus, que são equiparados à razão 2:1 pela Fundação Bill e Melinda Gates. Com a continuidade da arrecadação de fundos para a erradicação da poliomielite, o Rotary e os seus parceiros podem prosseguir com o seu trabalho crítico de vacinação de crianças vulneráveis contra a pólio, realizar atividades vitais de vigilância e implementar novas estratégias para enfrentar os desafios que ainda restam à concretização de um mundo sem poliomielite.

 

Reuniões de clubes e distritos

Meu clube ou distrito deve continuar realizando suas reuniões?

O Rotary International recomenda que distritos, Rotary e Rotaract Clubs se reúnam virtualmente, cancelem ou adiem reuniões. Considere cuidadosamente suas circunstâncias e problemas de saúde antes de decidir viajar ou participar de eventos.

Acesse a Central de Aprendizado para saber como outros clubes estão realizando reuniões virtuais.

 

Líderes, comissões e Secretaria do RI

O Conselho Diretor do RI e o Conselho de Curadores da Fundação Rotária irão se reunir durante a pandemia?

Sim, as reuniões de ambos os Conselhos serão realizadas por webinar, e não pessoalmente. 

O Conselho Diretor do RI tomou alguma medida recente em decorrência da pandemia?

Sim. Em sua reunião de janeiro de 2021, o Conselho Diretor tomou decisões para refletir claramente o papel e responsabilidade do Rotary na contenção da covid-19. Como a pandemia causada pelo coronavírus continua assolando muitas partes do mundo, proteger a saúde dos nossos associados, participantes, funcionários e membros das comunidades às quais servimos deve ser nossa prioridade número um.

Com isto em mente e por prudência, referido Conselho decidiu realizar novamente a Convenção Internacional somente no formato on-line. Também decidiu não financiar quaisquer despesas, incluindo de viagem, relativas a reuniões presenciais dos nossos líderes pelo resto deste ano rotário. A única exceção vale para os presidentes atual e eleito do RI, e para o chair da Fundação Rotária. Desta maneira, tal decisão se aplica aos diretores do RI, curadores da Fundação, líderes regionais, governadores, governadores assistentes e outros líderes. Também ficou acordado pelo Conselho Diretor que todas as reuniões de comissão serão realizadas virtualmente pelo restante do ano.

Ao tomar tais decisões, o Rotary segue as orientações da Organização Mundial da Saúde e de autoridades locais de saúde no sentido de limitar a ocorrência de viagens desnecessárias e obedecer às melhores práticas de saúde pública. Agindo assim, cumprimos nossa responsabilidade de proteger nossos associados e os membros das comunidades às quais servimos.

Leia sobre viagens financiadas pelo Rotary

A Secretaria do RI está tomando precauções?

Sim. Todas as viagens dos funcionários, tanto domésticas quanto internacionais, estão suspensas até 30 de junho de 2021. Os funcionários da Sede Mundial em Evanston e dos nossos escritórios em diferentes partes do mundo estão praticando distanciamento social ao trabalharem de casa.

 

Intercâmbio de Jovens

Os Intercâmbios de Jovens ainda estão sendo realizados?

Update de março de 2021: o Conselho Diretor tem monitorado regularmente a pandemia da covid-19 ao redor do mundo para determinar o momento mais propício ao restabelecimento do nosso programa Intercâmbio de Jovens. As incertezas contínuas referentes às variantes do coronavírus e à crise em si, os esforços inconsistentes para amenização da doença e a desigualdade de acesso às vacinas fizeram os diretores do RI suspender o programa até junho de 2022.

Como essa decisão foi tomada?

Os membros do Conselho Diretor levaram em conta os resultados de uma avaliação de riscos abrangente preparada por funcionários do RI e também o feedback dos voluntários e de outros que trabalham com o programa. Além disso, eles continuam analisando informações detalhadas e atualizadas sobre o impacto mundial da covid-19 fornecidas por especialistas em saúde e pela força-tarefa do Rotary que cuida de assuntos relativos à pandemia. Eles também consideraram cuidadosamente a disponibilidade de viagens internacionais (tendo em mente restrições de viagens e segurança); acesso a cuidados médicos e cobertura de seguro; suspensão ou cancelamento de aulas nas escolas; e o possível impacto financeiro nas famílias dos participantes e voluntários do Rotary. Dada a desigualdade global de acesso às vacinas contra a covid e o impacto financeiro da pandemia, muitas partes do mundo não teriam condições de participar em 2021. Se retomássemos o programa apenas com um número limitado de países que tivessem maior acesso às vacinas iríamos contra o foco do Rotary na justiça e no comprometimento com diversidade, equidade e inclusão. Quando os intercâmbios forem autorizados no futuro, os distritos deverão seguir as diretrizes de segurança e um plano abrangente de gerenciamento de crises. Nessa altura, o Conselho Diretor pressupõe que cada distrito avaliará a situação e tomará a decisão certa para garantir uma experiência segura e enriquecedora aos participantes do Intercâmbio de Jovens.

Quando os estudantes poderão viajar novamente para seus intercâmbios? 

Se o distrito confirmar que avaliou os riscos de acordo com as diretrizes de segurança, os estudantes poderão iniciar intercâmbios de longa ou curta duração a partir de 1º de julho de 2022.

Qual a diferença entre intercâmbios de longa e curta duração?

Os intercâmbios de longa duração tipicamente cobrem todo o ano letivo e exigem que o estudante seja matriculado em uma escola.  

Os intercâmbios de curta duração duram até três meses e normalmente acontecem durante férias escolares. Como a duração é bem menor, é mais fácil determinar se haverá alguma restrição de viagem ou outros impactos relacionados à covid-19. No entanto, ainda é exigido que os distritos sigam todas as diretrizes de segurança do Rotary.

Estudantes que atualmente estiverem participando de um intercâmbio precisam voltar para casa?

Estudantes que ainda possam estar em intercâmbio devem planejar seu retorno para casa assim que for possível e seguro. Para informações atualizadas, consulte regularmente comunicados e diretrizes de viagens das embaixadas ou consulados, agências internacionais de saúde pública (como a OMS), e autoridades locais.

Como saberemos que já é seguro planejar os intercâmbios?

Primeiro, certifique-se de que seu distrito esteja certificado para participar do Intercâmbio de Jovens. Em seguida, examine atentamente as diretrizes de segurança do Rotary emitidas pelo Conselho Diretor e discuta-as com a Comissão Distrital de Intercâmbio de Jovens e com o governador do distrito. É importante considerar cuidadosamente os riscos e ter um plano abrangente de gerenciamento de crise e uma equipe de voluntários comprometida a dedicar tempo extra para se comunicar com os estudantes e suas famílias, monitorar as recomendações das autoridades locais de saúde e agir rapidamente se a situação mudar. Se o seu distrito estiver preocupado, a melhor opção pode ser suspender seu programa e reiniciá-lo somente quando sentir que está pronto. 

O que é um plano de gerenciamento de crise?

Um plano de gerenciamento de crises é um resumo detalhado da equipe encarregada de responder a uma crise e os procedimentos a serem seguidos para garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os envolvidos no programa ou atividade. O plano deve cobrir vários tipos de crises, tais como acidentes, violência, desastres naturais, instabilidade política e, neste caso, emergências de saúde e surtos de doenças como a covid-19. De acordo com as diretrizes de segurança do Rotary:

  • O plano de gerenciamento de crise de um distrito deve ser analisado e/ou criado em consulta com autoridades de saúde locais.
  • Cada distrito deve ter procedimentos para monitorar novas medidas de saúde e segurança relacionadas à covid-19, como restrições de viagens e quarentenas, que possam afetar estudantes inbound ou outbound.
  • O distrito anfitrião deve ter um plano de comunicação abrangente para:
    • Assegurar que comunicados importantes sobre a covid-19 sejam transmitidos de forma consistente aos voluntários, estudantes e suas famílias, famílias anfitriãs e o Rotary International.
    • Garantir que os líderes do programa possam localizar e se comunicar rapidamente com todos os envolvidos, caso haja uma emergência.
  • Deve haver um procedimento para transportar estudantes de volta para casa ou assegurar sua segurança caso uma quarentena ou restrições de viagens forem implementadas durante o período do intercâmbio.

Seu plano deve listar uma equipe de gerenciamento de crise e definir as responsabilidades de cada integrante referentes à comunicação, procedimentos de emergência, relações com a mídia e despesas. É importante considerar antecipadamente quais fatores levariam ao cancelamento ou adiamento de todas as atividades planejadas para o programa. Considere também os critérios necessários para reiniciar os intercâmbios com segurança. Para mais informações, consulte o Guia de Proteção a Jovens do Rotary.

Baixe o material Desenvolvimento de um Plano de Gerenciamento de Crises e acesse nosso webinar (apenas em inglês) para mais informações sobre o assunto.

O que acontece quando estivermos prontos para planejar intercâmbios, mas não conseguirmos encontrar distritos parceiros?

Muitos distritos suspenderam ou suspenderão seus programas após analisarem as diretrizes de segurança do Rotary. Se o seu distrito está tendo dificuldade de firmar parcerias com distritos já conhecidos, esta pode ser uma oportunidade de explorar outras alternativas para manter os jovens engajados no Rotary, incluindo intercâmbios virtuais e programas rotários como o Interact e o RYLA. Vocês também podem continuar planejando Intercâmbios de Jovens do Rotary ou Intercâmbios de Serviços às Novas Gerações posteriormente.

Os dirigentes distritais do Intercâmbio de Jovens podem consultar o diretório de presidentes de Comissão Distrital de Intercâmbio de Jovens para entrar em contato com outros líderes do programa e se juntar ao Grupo de Discussão do Intercâmbio de Jovens do Rotary para conhecer outros dirigentes e compartilhar ideias. Nenhum distrito é obrigado a participar do programa.

Precisamos da aprovação do Rotary International para começarmos a planejar intercâmbios?

Você não precisa da aprovação do Rotary International para começar a planejar intercâmbios. Para garantir que os funcionários do Rotary possam apoiar seu intercâmbio e ajudar com as comunicações no caso de emergência, os distritos precisam informar a participação no programa antes da viagem dos estudantes e fornecer atualizações dentro de 48 horas após qualquer mudança. Nos próximos meses, os líderes distritais receberão instruções sobre como relatar a participação no programa. Os distritos terão que enviar as seguintes informações sobre cada estudante que participar de um intercâmbio de longo prazo:

  • Nome completo, idade, sexo e dados de contato (e-mail e telefone)
  • Nome completo e dados de contato (e-mail e telefone) dos pais ou guardiões legais
  • Formulário de consentimento assinado por um dos pais ou guardiões legais, incluindo confirmação de que sabem que seus dados pessoais serão relatados ao Rotary International em conformidade com as Normas de Privacidade e outros regulamentos sobre compartilhamento de dados, como o Regulamento Geral sobre Proteção de Dados (RGPD)
  • Número do distrito enviando o estudante e do distrito anfitrião
  • Nomes completos dos membros da família anfitriã e dados de contato (e-mail, telefone e endereço residencial)
  • Data de início e de término do intercâmbio

Como o Rotary se comunicará com os estudantes?

O Rotary International se comunicará com os estudantes e famílias para garantir que entendam as normas de proteção a jovens do Rotary, como acessar recursos relacionados ao Intercâmbio de Jovens e aos programas rotários para jovens líderes, o que esperar dos líderes de clube e distrito, e quem contatar se tiverem alguma dúvida ou preocupação. A equipe do Rotary International facilitará a comunicação entre estudantes, famílias e voluntários do Rotary em caso de emergência. 

O que significa que alguns distritos podem voluntariamente suspender seus programas?

Dada a incerteza relacionada à covid-19 e os riscos potenciais para a saúde e segurança de nossos estudantes, suspender o programa até que a situação se estabilize ou a vacina seja amplamente disponibilizada pode ser a decisão certa para alguns distritos. Qualquer decisão que priorize a saúde, segurança e bem-estar dos nossos intercambistas é certa. Os distritos devem suspender seus programas se determinarem que essa seja a melhor opção. 

O que fazer enquanto os intercâmbios presenciais não forem permitidos?

Continue apoiando o Intercâmbio de Jovens do Rotary. Agora é o momento de fortalecer seu programa, explorar alternativas como intercâmbios virtuais ou outros programas rotários como o Interact e o Prêmio Rotary de Liderança Juvenil (RYLA), e continuar planejando futuros Intercâmbios de Jovens ou Intercâmbios de Serviços às Novas Gerações. Nossa equipe continuará apoiando os líderes do Intercâmbio de Jovens no próximo ano, fornecendo recursos novos e atualizados, compartilhando estratégias de engajamento, coletando informações dos participantes e respondendo a qualquer pergunta que tenham. Depois que vencermos os atuais desafios da pandemia, estamos confiantes de que o Intercâmbio de Jovens será mais forte do que nunca.

Há risco de perdermos o programa durante a suspensão dos intercâmbios presenciais?

Muitos consideram o programa Intercâmbio de Jovens o ponto mais alto da associação ao Rotary. O programa será retomado quando for seguro fazê-lo. Ele é bem-sucedido graças ao compromisso, conhecimento e dedicação dos voluntários em enriquecer a vida dos jovens ao redor do mundo, ofertando a eles experiências mais do que valiosas. Quando retomarmos o formato presencial, seremos mais fortes do que antes graças a todos os colaboradores e por termos mantido a confiança dos participantes e das suas famílias. 

O que é um intercâmbio virtual?

Os intercâmbios virtuais são uma alternativa engajadora aos intercâmbios presenciais. Eles oferecem aos jovens uma oportunidade única de se engajar e colaborar on-line com pessoas de outras culturas e comunidades. Quando estruturados e desenvolvidos com objetivos específicos voltados aos estudantes e com resultados de aprendizado, a experiência de um intercâmbio virtual pode ser valiosa, permitindo que os jovens se engajem no diálogo intercultural e conheçam pessoas com diferentes pontos de vista. Eles também podem auxiliar os estudantes a desfazer estereótipos, aumentar sua empatia e desenvolver competências interculturais, ajudando-os a adquirir o conhecimento e as habilidades necessárias para se tornarem cidadãos globais e construtores da paz.

E se não quisermos seguir as diretrizes de segurança estabelecidas pelo Conselho Diretor? Podemos usar nossas próprias diretrizes?

Não. As diretrizes de segurança adotadas pelo Conselho representam uma avaliação cuidadosa e completa de todos os riscos, não apenas para os estudantes, mas para as famílias anfitriãs, voluntários e a reputação do Rotary. Afirmamos inequivocamente que a segurança dos estudantes é nossa prioridade máxima e estas diretrizes de segurança representam nosso compromisso em palavras e ações. Embora a lista de diretrizes pareça longa, é importante segui-las a fim de avaliar os riscos, ter um plano e obter a confiança dos estudantes, famílias e comunidade. Muitas das diretrizes são precauções de segurança que vocês já podem estar seguindo ou ter adotado rapidamente em resposta à covid-19. Segundo as Normas de Proteção a Jovens do Rotary referente a intercâmbios não autorizados, qualquer distrito que participar de alguma atividade de intercâmbio em contradição a estas diretrizes terá sua certificação para participar do Intercâmbio de Jovens do Rotary suspensa por um período de dois anos. Qualquer atividade que coloque os estudantes em risco terá sérias repercussões.

Por que o posicionamento do Rotary difere de outros organizadores de intercâmbios que continuaram suas atividades mesmo durante a pandemia?

Outros organizadores de intercâmbios visam lucro monetário. Nós estamos em posição privilegiada de poder colocar a segurança dos participantes e comunidades em primeiro lugar, e priorizar uma experiência de qualidade alicerçada na nossa estrutura de voluntários. Em outras palavras, nós podemos nos dar ao luxo de interromper as atividades presenciais para garantir que nosso programa de intercâmbio seja mais seguro, equitativo e inclusivo para todos os envolvidos.

Eu sou estudante e quero participar de um Intercâmbio de Jovens. O que devo fazer?

Preencha o formulário de contato ou encontre um Rotary Club  local para saber se ele está participando de intercâmbios virtuais ou como você pode se envolver em outros programas para jovens. Embora não seja possível participar de um intercâmbio tradicional, você pode ficar sabendo se estão planejando um intercâmbio futuro ou obter informações sobre como se envolver no Rotary por meio do Interact, RYLA ou Intercâmbio de Serviços às Novas Gerações. 

Quem devo contatar se tiver alguma pergunta?

Para perguntas sobre o programa, envie um e-mail para youthexchange@rotary.org, e para dúvidas sobre proteção aos jovens, envie um e-mail para youthprotection@rotary.org.

 

 

Bolsas Rotary pela Paz e outros programas

Como as Bolsas Rotary pela Paz estão sendo impactadas pela pandemia? 

Devido à atual pandemia, viagens financiadas pelo Rotary estão extremamente limitadas, sendo aprovadas de caso a caso. O bolsista que estiver em país onde haja alastramento de covid-19 deve seguir as recomendações da universidade e dos órgãos nacionais de saúde. 

Bolsistas de primeiro ano que estejam se preparando para o estágio devem considerar outras opções no país de estudos e ter um plano alternativo caso haja mais restrições de viagem. Além de questões de saúde e segurança, não queremos que nossos bolsistas estejam sujeitos a quarentenas ou não possam retornar ao país de estudos por terem feito o estágio em outros locais. Fale com seu funcionário de contato sobre como as normas do Rotary podem afetar sua experiência.

O que preciso saber sobre o Interact e o RYLA durante esse período? 

Avalie se os eventos, viagens e atividades programadas podem colocar os jovens em risco, e considere adiar ou cancelar encontros ou viagens não essenciais. 

Siga as instruções das escolas em relação a fechamentos ou adiamentos das aulas. Se isso acontecer, mantenha os estudantes ocupados até as coisas se normalizarem. Converse com os pais ou responsáveis sobre a saúde e segurança dos seus filhos e explique o que os clubes e distritos estão fazendo para minimizar a exposição e impacto para os participantes das nossas atividades e eventos. 

O que preciso saber sobre outros tipos de programas e intercâmbios do Rotary?

Participantes de Grupos de Companheirismo e Grupos Rotary em Ação devem seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde e das autoridades de saúde em nível local, regional e nacional para decidir se devem cancelar ou adiar eventos, reuniões e atividades. 

Distritos que estiverem organizando programas internacionais, como Intercâmbios Rotários da Amizade e Intercâmbios de Serviços às Novas Gerações, podem estar expondo os participantes a riscos maiores. Portanto, seus organizadores devem seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde e das autoridades de saúde em nível local, regional e nacional do distrito anfitrião para decidir se devem cancelar ou adiar viagens ou atividades planejadas.

 

Viagens financiadas pelo Rotary

Houve mudanças nas diretrizes de viagens financiadas pelo Rotary para 2021?

O Conselho Diretor do RI, conforme sugestão da força-tarefa de covid-19, autorizará o reinício de viagens financiadas pelo Rotary que sejam essenciais às operações da organização, de 1º de julho a 31 de dezembro de 2021.

A viagem é considerada essencial se:

  • for vital ao trabalho do Rotary;
  • o trabalho referente à viagem não puder ser conduzido sem a interação presencial em um local específico;
  • o propósito e resultados desejados da viagem dependerem da presença do(s) viajante(s) em local/reunião presencial.     

O Conselho Diretor continua recomendando que o Rotary conduza suas operações virtualmente ou de forma híbrida.

Caso não souber se sua viagem é essencial ou não, fale com seu funcionário de contato. 

Como ficam as viagens financiadas por subsídios?

As viagens financiadas por subsídios estão pausadas até 31 de dezembro de 2021, exceto para bolsistas financiados por Subsídios Globais. Se tiver alguma pergunta sobre isso, fale com o funcionário de subsídios responsável pela sua região.

O Rotary me reembolsará por despesas oriundas ao cancelamento do meu evento, ou minha participação em algum evento, tais como passagem aérea, aluguel do local da reunião, acomodações, refeições, etc.?

Em obediência à decisão do Conselho Diretor do RI, o Rotary não processará reembolsos para despesas relativas a eventos e reuniões presenciais. Verifique as normas de cancelamento do serviço obtido, já que muitos fornecedores têm sido flexíveis quanto ao cancelamento e reembolso dos seus serviços. 

Como isto afeta as Bolsas Rotary pela Paz?

Estes bolsistas atualmente estudando no exterior terão sua passagem coberta para voltar ao país de origem. 

Como posso cumprir minhas responsabilidades somente por meio de encontros pela internet? O Rotary pode me ajudar de alguma forma?

Nossa organização se adaptou com rapidez e eficácia às novas circunstâncias, e os associados migraram às reuniões virtuais sem problemas, com formas inovadoras e bem-sucedidas de se reunirem. O tópico de aprendizagem da Central de Aprendizado sobre reuniões virtuais permite o compartilhamento de recursos e melhores práticas entre os usuários da ferramenta. O blog Vozes do Rotary traz vários exemplos de como os associados estão operando e viabilizando serviços virtualmente.

 

Entre em ação agora

Doe para o Fundo de Assistência em Casos de Desastres

Sua doação ajuda os Rotary Clubs a prestarem apoio para a recuperação e reconstrução de áreas atingidas por desastres, inclusive projetos relacionados à covid-19.