Skip to main content

Projetos campeões

Conheça os vencedores do Reconhecimento do RI a Projetos Excepcionais do Rotaract de 2020-21

Os vencedores do Reconhecimento do RI a Projetos Excepcionais do Rotaract de 2020-21 foram anunciados em abril e homenageados durante o Encontro Rotaract Pré-Convenção, em junho. Rotaract Clubs e distritos de 63 países enviaram o número recorde de 675 projetos, que foram avaliados por funcionários do RI e membros da Comissão Rotaract com base em critérios como sustentabilidade, avaliação da comunidade, promoção, impacto nas áreas de enfoque do Rotary, envolvimento de Rotaract Clubs e colaboração com rotarianos e especialistas. Dois projetos foram escolhidos ao prêmio internacional e seis ao regional.

Por mais de 25 anos, o reconhecimento tem sido a oportunidade para Rotaract Clubs compartilharem seus sucessos e inspirarem outros clubes a desenvolver projetos sustentáveis e inovadores. O formulário de indicação foi feito segundo o formulário de pedido de Subsídio Global da Fundação Rotária, servindo para preparar os Rotaract Clubs a solicitarem Subsídios Globais, o que poderão fazer a partir de 1º de julho. Saiba mais sobre o Rotaract.

Ganhadores internacionais

Clube individual: Rotaract Club de University of Moratuwa, no Sri Lanka, pela abertura e administração da maior biblioteca de audiolivros educacionais do Sri Lanka, como também pela elaboração de aulas profissionalizantes em áudio para estudantes com deficiência visual.

Mais de um clube: Rotaract Clubs no sudeste da Ásia pela iniciativa de saúde mental "Você Não Está Só", que chegou a mais de 50.000 pessoas com uma abordagem que incluiu oficinas educativas locais e virtuais sobre suicídio, cyberbullying, trauma e depressão.

Rotaractianos do Sudeste da Ásia criaram pôsteres digitais para divulgar sua iniciativa multiclube de saúde mental.

Foto cedida pela iniciativa You Are Not Alone (YANA).

Ganhadores regionais

África: Rotaract Club de Kololo, Uganda, por empoderar mulheres de cinco comunidades provendo-lhes máquinas de costura e aulas em finanças, além da abertura de um grupo de investimento.

Ásia-Pacífico: Rotaract Club de Zamboanga City West, Filipinas, por um projeto que apresentou o cultivo hidropônico a uma associação agrícola de mulheres para aumentar sua produção de alimentos e geração de renda.

Mulheres da uma associação agrícola das Filipinas foram treinadas em cultivo hidropônico pelos associados do Rotaract Club de Zamboanga City West.

Foto cedida pelo Rotaract Club de Zamboanga City West, Filipinas.

Canadá, Caribe e Estados Unidos: Rotaract Club de Tortola, Ilhas Virgens Britânicas, pela instalação de uma árvore artificial num parque para carregar aparelhos eletrônicos por meio da energia solar. O objetivo foi aumentar a conscientização quanto aos benefícios do uso da energia alternativa.

Ásia Central, Europa e Oriente Médio: Rotaract Club de Tunis-Ennasr, Tunísia, por liderar um projeto envolvendo nove clubes numa campanha de coleta de cabelo para fazer perucas para crianças em tratamento de quimioterapia. Os clubes também destacaram o impacto psicológico causado pelo câncer e combateram tabus culturais referentes ao assunto.

América Latina: Rotaract Club de Itabuna Universitários, Brasil, pelo apoio a um bairro que tinha dificuldade de acesso à água potável e saneamento básico com a distribuição de filtros de cerâmica, apresentação de métodos de tratamento de água aos moradores e envolvimento do poder público.

Sul da Ásia: Rotaract Club de Islamabad, Bangladesh, pelo projeto Beacon, pelo qual os associados reformaram uma escola patrocinada pelo Rotary e deram aulas particulares e materiais educativos aos alunos em dificuldades por causa da pandemia de covid-19.

Artigo originalmente publicado na edição de setembro de 2021 da revista Rotary.


Conteúdo relacionado

Elevação do Rotaract

Celebração do Rotaract: Força em números

6 dicas para fundar um Rotaract Club na sua universidade

 

Meet the winners of the 2020-21 Rotaract Outstanding Project Awards