Skip to main content

Contagem regressiva para a Convenção

Abacaxi e Havaí

No passado, o abacaxi era praticamente sinônimo de Havaí. Houve uma época em que as ilhas atendiam a mais de 80% da demanda mundial pela fruta enlatada. Ainda que a última fábrica que produzia abacaxi em lata tenha fechado no arquipélago em 2007, e as vastas plantações da fruta tenham dado lugar a uma agricultura mais variada, quando você estiver em Honolulu para a Convenção do Rotary International, de 6 a 10 de junho, aproveite para degustar esta delícia dos trópicos.

A Dole Plantation organiza excursões, incluindo a Pineapple Express Train Tour, sobre a história e características da fruta, além da história do próprio James Dole, que liderou o desenvolvimento da indústria do abacaxi no Havaí.

Já no Plantation Garden Tour, você verá como é feito o cultivo do café, do cacau e de algumas das flores comumente usadas para fazer os famosos colares havaianos, como plumeria, pikake e pua kenikeni. Quem levar as crianças para a Convenção, saiba que elas vão adorar o Jardim do Abacaxi, composto de 4 km de caminhos espalhados por 1,23 hectares. Depois de encontrar a saída, pare na Plantation Grill para degustar o doce de abacaxi Dole Whip.

— HANK SARTIN

• Artigo publicado na edição de março de 2020 da revista The Rotarian.

No passado, o abacaxi era praticamente sinônimo de Havaí. Houve uma época em que as ilhas atendiam a mais de 80% da demanda mundial pela fruta enlatada.