Quebra de recordes na nossa Convenção e nocaute na pólio

During Friday's world record-breaking Sydney Harbour bridge climb, Rotary members raised enough money to protect 240,000 kids from polio.
Foto: Rotary International/Alyce Henson

A poliomielite sofreu sérios ataques na nossa Convenção em Sidney, na Austrália.

O primeiro foi a quebra do recorde com a escalada na Ponte da Baía de Sidney, que levantou dinheiro suficiente para vacinar 240.000 crianças. Em 30 de maio, dois dias antes da abertura oficial da Convenção, 340 participantes subiram a ponte e quebraram o recorde existente. Com 278 bandeiras, nós também conseguimos mais um recorde: o de maior número de bandeiras numa ponte.

Nossas conquistas não pararam aí. O Maior Comercial do Mundo, a campanha de imagem pública do Rotary para a erradicação da pólio, também entrou no Guinness como a maior campanha de conscientização pública feita com fotos. Mais de 100.000 pessoas de 170 países fizeram upload de suas fotos, incluindo Isabelli Fontana, Michel Teló, Desmond Tutu, Bill Gates, Archie Panjabi, Jackie Chan e muitos outros.

Mas o melhor ainda estava por vir. O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, abriu a Convenção em 1° de junho anunciando que o governo encaminhará $100 milhões ao programa Pólio Plus. Dois dias depois foi a vez de Sir Emeka Offor, vice-presidente-executivo do Chrome Group, anunciar que doará $1 milhão à Fundação Rotária para ajudar nas atividades de erradicação da pólio.

"Muitos dos meus amigos foram vítimas da pólio", disse Sir Emeka, que é embaixador do Pólio Plus na Nigéria. "Quando ainda jovem, eu prometi que um dia faria algo para livrar a Nigéria desta doença tão cruel."

A paralisia infantil não foi o único assunto na Convenção. Veja outros destaques que aconteceram entre 1 e 4 de junho:

  • Água limpa. Colaborações e parcerias foram enfatizadas em 30 de maio no Encontro Mundial da Água. Especialistas em água e saneamento falaram que os rotarianos precisam se juntar ao setor privado, ONGs e governos, visando trabalho e resultados eficazes.
  • Capacitação de jovens. Brett Lee, craque australiano de críquete que fundou a Mewsic; e Maya Ajmera, ex-bolsista da Fundação Rotária que fundou o Global Fund for Children, inspiraram a plateia com sua dedicação a atividades que visam melhorar a qualidade de vida das crianças.
  • Promoção da paz. Mwila Chigaga, ex-bolsista Rotary pela paz e especialista em assuntos de gênero sexual nas regiões africanas para a Organização Internacional do Trabalho, falou sobre o fornecimento de trabalho decente e oportunidades iguais para homens e mulheres.
  • Combate a doenças. Renee Saunders, consultora para o Centro Norte-americano para Controle e Prevenção de Doenças, ressaltou a importância de parcerias entre os setores público e privado para que tenhamos uma geração livre da aids. O professor Martin Silink falou sobre os desafios que superou com a ajuda do Rotary, e como ganhou o reconhecimento das Nações Unidas ao combate da diabetes.

Saiba mais sobre o Rotary
Doe para nossas causas
Confira a cobertura da Convenção em Sidney

Rotary News

4-Jun-2014
RSS