Filantropa indiana faz nova contribuição ao Pólio Plus

Indian philanthropist and businesswoman, Rajashree Birla, has announced a new $1 million gift to Rotary for polio eradication.

A empresária e filantropa indiana Rajashree Birla anunciou uma nova contribuição de US$1 milhão ao Rotary para os trabalhos de erradicação da pólio. Com esta contribuição, ela totaliza US$7,2 milhões doados para a campanha.  

A doação será equiparada na proporção de 2 para 1 pela Fundação Bill e Melinda Gates, resultando em US$3 milhões a mais para a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio (GPEI). O Rotary é um dos parceiros principais da GPEI, especialmente em áreas como defesa da causa junto a governos, arrecadação de fundos e conscientização pública. Como parte da campanha Entre para a História Hoje, de 2013 a 2018, a Fundação Gates irá duplicar os fundos que o Rotary doar para o combate à pólio, até o limite de 35 milhões por ano.     

“Somos muito gratos pela generosa contribuição da Sra. Birla, que veio em um momento oportuno na nossa luta para eliminar a pólio de uma vez por todas”, disse Ashok Mahajan, ex-curador da Fundação e amigo da família Birla. “Esperamos que outros doadores do setor privado sigam seu exemplo para que o Rotary possa aproveitar ao máximo sua parceria inovadora com a Fundação Gates.”

A contribuição da Sra. Birla reforça o compromisso da Índia de permanecer livre da pólio. Apesar de alguns especialistas acreditarem que a Índia seria o último país a vencer a pólio, não há registros de casos da doença no país desde janeiro de 2011. Apenas a Nigéria, o Paquistão e o Afeganistão permanecem na lista de países endêmicos. O apoio de aproximadamente 3.200 Rotary Clubs da Índia tem sido fundamental durante dos Dias Nacionais de Imunização, onde quase 175 milhões de crianças com menos de 5 anos de idade são vacinadas contra a poliomielite.      

“Graças aos esforços do Rotary e parceiros como o Ministério da Saúde da índia, a Organização Mundial de saúde, o Unicef, o Centro Norte-americano de Controle e Prevenção de Doenças, a Fundação Gates e outras organizações, a Índia continua livre da pólio. Agora, devemos nos concentrar na Nigéria, no Afeganistão e no Paquistão”, disse Birla. Seu filho, Kumar Mangalam Birla, fez do Grupo Aditya Birla uma das empresas da lista Fortune 500.

Rotary News

RSS