História do Rotary International

The first four Rotarians (from left): Gustavus Loehr, Silvester Schiele, Hiram Shorey, and Paul P. Harris, circa 1905-12.

Paul P. Harris, um advogado, queria criar um grupo profissional com o mesmo espírito de amizade que caracterizava as cidades pequenas de sua juventude. Em 23 de fevereiro de 1905, ele se reuniu com Gustavus Loehr, Silvester Schiele e Hiram Shorey no escritório de Loehr, em Chicago, para o que ficaria conhecido como a primeira reunião de Rotary Club. O nome "Rotary" surgiu devido ao sistema inicial de rodízio do local das reuniões. 

Dentro de cinco anos, clubes foram fundados em diversas cidades dos EUA, como São Francisco e Nova York.

Em agosto de 1910, os rotarianos realizaram sua primeira Convenção, em Chicago, e os 16 clubes que existiam na época formaram a Associação Nacional de Rotary Clubs.

Em 1912, o nome foi alterado para Associação Internacional de Rotary Clubs para melhor refletir a existência de clubes em outros países. O nome Rotary International foi adotado em 1922.

Em julho de 1925, havia mais de 2.000 clubes e cerca de 108.000 associados em seis continentes. 

A reputação do Rotary atraiu presidentes, primeiros ministros e muitas outras pessoas ilustres, como o autor Thomas Mann, o diplomata Carlos Romulo e o compositor Jean Sibelius.

Com o crescimento do Rotary, os associados passaram a usar seus recursos e talentos para ajudar suas comunidades. A dedicação a este ideal é melhor expressada pelo lema "Dar de Si Antes de Pensar em Si".

A Prova Quádrupla

Em 1932, o rotariano Herbert Taylor criou a Prova Quádrupla, que foi traduzida em mais de100 idiomas e serve de guia para os rotarianos:

Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos

É a VERDADE?

É JUSTO para todos os interessados?

Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES?

Será BENÉFICO para todos os interessados?

Materiais de referência