Skip to main content

Cinco motivos para fazer uma doação ao Rotary no Dia de Doar

Há muitas entidades para as quais você pode fazer uma doação no Dia de Doar, em 27 de novembro. Veja a seguir cinco motivos pelos quais o Rotary deve ser sua primeira opção.

1. Prestação de contas

Graças ao nosso gerenciamento responsável de fundos e transparência, pelo 11° ano consecutivo, a Fundação Rotária recebeu a maior pontuação possível (quatro estrelas) da Charity Navigator, uma avaliadora independente de entidades beneficentes. Noventa e um por cento dos fundos da Fundação são gastos diretamente em programas, o que significa que nenhum custo administrativo alto diluirá sua doação. 

2. Impacto

Nós formamos parcerias com outras organizações para aumentar nosso impacto e maximizar o efeito das suas doações. Por exemplo, quando você doa ao Pólio Plus, sua doação é equiparada na proporção de 2:1 pela Fundação Bill e Melinda Gates. Graças a essa parceria, todas as contribuições em prol da erradicação da poliomielite (até US$50 milhões por ano) são triplicadas, fornecendo o financiamento necessário para livrarmos o mundo desta terrível doença.

3. Histórico de sucesso

O Rotary une líderes que possuem as habilidades e os recursos necessários para abordar os problemas mais difíceis do mundo e encontrar soluções sustentáveis e resultados duradouros. O Rotary está liderando a luta contra a pólio há décadas, o que fez com que o número de casos da doença diminuísse de 350.000 em 1988 para apenas alguns este ano. Os associados do Rotary também alcançaram resultados notáveis em outras áreas, como erradicação da doença do verme da Guiné, em Gana.

4. Alcance global

Nós temos 1,2 milhão de associados em todo o mundo, unidos por um desejo em comum: servir ao próximo. Seja ensinando crianças a ler no Equador ou iniciando um programa de microcrédito na Indonésia, eles identificam problemas locais e usam a rede e os recursos da Fundação Rotária para entrar em ação.

5. Promoção da paz

Todo ano, os Centros Rotary pela Paz ensinam alguns dos profissionais mais dedicados do mundo a resolver conflitos e promover a cooperação nacional e internacional. Os bolsistas estudam em uma das universidades parceiras do Rotary, onde fazem o programa de mestrado durante dois anos ou o de certificação profissional por três meses. Os associados do Rotary também trabalham em prol da paz, ajudando a resolver os verdadeiros problemas que geram conflitos, como pobreza, desigualdade, tensões étnicas, falta de acesso à educação e distribuição desigual de recursos.

Ajude o Rotary a fazer a diferença no mundo

Doe agora