Jovens da Índia e de Uganda organizam Conferências Presidenciais

Rotaractianos em Chennai (Índia) organizaram a maior mão do mundo formada por pessoas.
Foto: Courtesy of Ramkumar Raju
Ron Burton, nosso presidente, comemora com rotarianos locais o recorde da maior imagem de uma mão formada por pessoas.
Foto: Courtesy of Ramkumar Raju
Winfred Karungi (ao centro) e suas colegas rotaractianas durante um projeto realizado na Conferência de Kampala.
Foto: Courtesy of Winfred Karungi
Participantes da Conferência Presidencial para as Novas Gerações em Kampala, Uganda, com o presidente Ron Burton (ao centro), Jetta Burton, Susanne Knaack e o diretor Holger Knaack.
Foto: Courtesy of Winfred Karungi

Apesar de Ramkumar Raju (da Índia) e Winfred Karungi (de Uganda) nunca terem se encontrado, eles têm muito em comum. Ambos são rotaractianos e representantes distritais do Rotaract, possuem um futuro promissor como líderes comunitários e ajudaram a planejar Conferências Presidenciais para as Novas Gerações em seus países. 

O presidente do Rotary International, Ron Burton, presidiu as Conferências, que foram realizadas em Chennai, em outubro, e em Kampala, em novembro (a terceira Conferência foi em Rosário, na Argentina). A meta destes eventos internacionais foi reunir jovens com potencial de liderança e rotarianos para trocarem ideias sobre como atrair associados e engajar a juventude. 

Raju, associado do Rotaract Club de Madras Central, e Karungi, associada do Rotaract Club de Kampala City, foram convidados por rotarianos de suas regiões para integrarem a comissão de planejamento dos eventos. Ambos descreveram a experiência como uma ótima oportunidade de aprendizado.   

Melhorando suas comunidades

Cada Conferência englobou uma iniciativa comunitária. Os rotaractianos da Índia escolheram participar de projetos com ênfase em educação e prevenção de doenças. Eles coletaram milhares de livros para criar bibliotecas em zonas rurais e também fizeram uma campanha de doação de sangue, trabalharam para aumentar a conscientização sobre a rubéola e ofereceram vacinas gratuitas. 

Em Uganda, os rotaractianos também concentraram seus esforços no combate a doenças preveníveis e na divulgação da importância da saúde materno-infantil. Trabalhando com líderes comunitários, eles organizaram uma campanha de lavagem das mãos, deram aulas sobre fabricação de sabão, distribuíram mosquiteiros a crianças e gestantes, organizaram campanhas de doação de sangue e ofereceram exames para detectar câncer no colo do útero. 

Recorde 

Além de seu projeto comunitário, os rotaractianos da Índia aproveitaram para quebrar um recorde, organizando "a maior mão formada por pessoas" do mundo, com a participação de 7.084 pessoas. A iniciativa, que foi reconhecida pelo Livro dos Recordes, simboliza o lema do clube para o ano: nós somos a mudança. 

Apesar de não ter quebrado nenhum recorde em Kampala, Karungi diz que, para ela, o destaque da Conferência foi ter falado com o presidente Ron Burton. "Pude ouvir sua opinião sobre o Rotary e como os jovens podem causar um impacto em suas comunidades", conta. Em um discurso aos participantes da Conferência, ela contou como se transformou em uma jovem profissional determinada a ajudar sua comunidade por meio do Rotaract. "Visitem um Rotary Club hoje e tenham a chance de serem transformados de maneiras que jamais imaginaram."

Participe da Comemoração Presidencial para as Novas Gerações em Sidney
Leia um post de Raju sobre a Conferência
Compartilhe sua história com as Novas Gerações no grupo de discussão Rotarians Worldwide

Rotary News

19-Mar-2014
RSS