Viagem financiada por subsídio

Seu Subsídio Distrital ou Global pode incluir fundos para viagem aérea doméstica ou internacional. Depois que ele for aprovado, você pode tomar as providências para fazer sua reserva.

Não é permitido usar fundos do subsídio para cobrir despesas incorridas antes de sua aprovação.

Viagem

A pessoa cuja viagem será financiada pelo subsídio é responsável por reservar a passagem, podendo, se preferir, fazer isso por meio dos Serviços de Viagem do Rotary International, o RITS.

Consulte a lista de países com restrição de viagem para saber se é permitido viajar para o seu destino.

Seguro de viagem

A partir de 1º de julho de 2016, viajantes financiados por subsídios do Rotary devem adquirir seu próprio seguro de viagem. Para mais informações, leia as nossas recomendações de cobertura.

Serviços de Viagem do Rotary International

Se quiser reservar sua passagem pelo RITS, entre em contato com a nossa parceira BCD Travel. Esta agência cobra uma pequena taxa para todas as transações relacionadas a viagens, a qual pode ser paga com fundos do subsídio.

O processo:

  1. Selecione o país de origem a partir da lista abaixo para ver o nome e o e-mail do escritório da BCD que atende a sua região.
  2. Preencha o formulário para reserva de passagem para viagem financiada por subsídio, escolhendo o escritório da BCD apropriado na lista que fica na parte superior do formulário.
  3. Se quiser incluir uma proposta de itinerário, pesquise as tarifas aéreas mais baixas.
  4. Envie o formulário preenchido e o itinerário proposto ao escritório da BCD. Se for viajar com um grupo, envie todos os formulários de viagem juntos.
  5. A BCD irá lhe enviar um e-mail com informações do itinerário e preço. Se você enviou uma proposta de itinerário e a BCD encontrar uma alternativa mais econômica, você receberá os preços de ambas as opções.
  6. Responda ao e-mail da BCD para aprovar o itinerário dentro de 24 horas.
  7. Compre as passagens pela BCD utilizando um cartão de crédito.

Você poderá adicionar dias para viagem pessoal antes ou depois das atividades relacionadas ao subsídio, mas terá que cobrir o custo de qualquer despesa extra, como:

  • Escalas opcionais diferentes das incluídas nas datas e rotas do itinerário aprovado.
  • Taxa de remarcação se não adquirir os bilhetes de menor custo oferecidos pela BCD dentro do prazo disponível.
  • Multas ou acréscimos resultantes de alterações em seu itinerário pessoal.