Mensagem do presidente

GARY C.K. HUANG

Presidente, 2014-15

April 2015

Hoje há muito mais maneiras de se comunicar do que no passado. Na era de videoconferências e mensagens instantâneas, podemos trabalhar de praticamente qualquer lugar e sempre nos manter conectados. É possível divulgar nosso trabalho no Facebook, no Twitter e no site do Rotary, mas a revista que você está segurando – ou lendo em seu aparelho eletrônico – sempre terá um papel extremamente importante.

A The Rotarian é uma das revistas de publicação ininterrupta mais antigas do mundo, com um história que remonta a 1911, quando Paul Harris foi colaborador de sua primeira edição. Naquela época, a revista era em preto e branco, tinha menos páginas, fontes pequenas e poucas imagens. Os anúncios eram de compradores de pianos, comerciantes de artigos masculinos e de um hotel completamente equipado com água quente e fria!

Hoje você pode ler a The Rotarian em seu celular ou tablet, e as revistas regionais são publicadas em 24 idiomas. Dezessete ganhadores do Prêmio Nobel e 19 do Prêmio Pulitzer já escreveram para a revista, inclusive Mahatma Gandhi, Desmond Tutu, George Bernard Shaw e Nicholas Murray Butler. A cada mês, a The Rotarian traz um panorama do que há de melhor no mundo rotário para engajar, entreter, informar e inspirar os leitores.

Nesta era de comunicação constante e com tantas formas de encontrar informações, será que precisamos de uma revista rotária? Com certeza. Pois a revista é, e sempre foi, uma das melhores maneiras de divulgarmos o Rotary. Ela permitiu que eu compartilhasse a diversão dos Rotary Days, destaca o bom trabalho dos rotarianos de todo o mundo e chama a atenção para assuntos importantes que afetam a todos nós. A The Rotarian não é simplesmente para a apreciação dos rotarianos – ela serve para melhorar a imagem pública da nossa organização e mostrar ao mundo o trabalho que fazemos.

Portanto, quando terminar de ler o seu exemplar, passe-o adiante. Pergunte a si mesmo quem poderia se interessar pelos artigos deste mês. Dê a revista a um amigo, colega de trabalho ou conhecido. Compartilhe-a com alguém que tenha convidado para a reunião de seu clube. Acesse www.therotarianmagazine.com e divulgue artigos em suas redes sociais ou envie seus links por e-mail. Use a revista para Fazer o Rotary Brilhar – assim como os rotarianos têm feito há 110 anos.


Março 2015

O Rotary nos oferece a oportunidade de formar laços de amizade com pessoas do mundo inteiro. Anualmente, em nossa Convenção Internacional, encontramos amigos para programar atividades e também nos divertir.

Não consigo pensar em maneira melhor de celebrar o ano rotário 2014-15 do que Fazendo o Rotary Brilhar na nossa 106ª Convenção, em São Paulo. Aproveite o preço promocional de inscrição, até 31 de março, e garanta seu lugar nesta festa.

A Convenção começa no sábado, 6 de junho, e depois da cerimônia de abertura iremos ao sambódromo para um carnaval fora de época, com direito a Escola de Samba! Mesmo se achar que não tem samba no pé, você irá dançar e aproveitar cada minuto da folia. O desfile terá as fantasias coloridas e toda a pompa de costume, acompanhado de samba enredo. Teremos também comidas e bebidas durante a festa, pois ninguém é de ferro.

Na segunda-feira será a vez de Ivete Sangalo fazer as pessoas presentes no show dançarem e pularem. Os participantes do nosso grande evento também poderão se deliciar com os vários sabores da capital gastronômica da América Latina, com direito a descontos em diversos restaurantes. São mais de 30.000 restaurantes e bares a escolher. A taxa de admissão a alguns museus, como o Museu do Futebol, será gratuita mediante apresentação do crachá da Convenção.

Como você sabe, o Brasil reflete a diversidade do Rotary. Os paulistanos criaram uma cultura vibrante, formada pela contribuição de pessoas de todos os lugares do país e do globo. Um dos destaques de qualquer das nossas Convenções é a Noite da Hospitalidade, e em São Paulo isso não será diferente. Aproveite para desfrutar da companhia de rotarianos locais na segunda-feira à noite. Mas atenção: faça sua reserva com antecedência, já que temos limite quanto ao número de participantes.

No Rotary, a prestação de serviços e amizade caminham lado a lado. Ponha o trabalho e a amizade verdadeira em primeiro lugar, e inscreva-se já para a Convenção pelo site www.riconvention.org/pt.


Fevereiro 2015

Como presidente do Rotary, é meu trabalho incentivar e inspirar os rotarianos de todo o mundo, e também escutar o que eles têm a dizer. Quer se trate de um projeto bem sucedido ou de um desafio, de uma nova ideia ou de um Rotary Day, quero sempre ouvir o que os rotarianos estão pensando, fazendo e planejando. Em minhas viagens, sempre peço para meus anfitriões me falarem sobre o que está indo bem em seus clubes, o que eles gostariam de melhorar e de que maneira o RI pode apoiá-los.

As suas respostas são sempre interessantes e frequentemente surpreendentes. De vez em quando faço uma sugestão ou dou uma ideia, e outras vezes consigo estabelecer uma conexão que irá ajudar no progresso de um projeto, voltando para Evanston com ideias para nos ajudar a tomar as decisões certas. No entanto, o que eu mais valorizo em nossas conversas são as histórias que ouço e, que em conjunto, contam a história do Rotary.

Em Atlanta, participei de um evento de reconhecimento a professores e ouvi várias histórias sobre o dom da alfabetização e como ela transforma vidas. Em Istambul, assisti a uma corrida de cadeira de rodas e aprendi sobre o trabalho de rotarianos turcos para melhorar a vida das pessoas com deficiência. Em Lima, conversei com um ex-rotaractiano cuja vida foi transformada quando ele foi convidado a se juntar a um Rotary Club 20 anos depois de ter deixado nossa organização.

Algumas histórias me fizeram rir e outras a chorar, sempre me lembrando de que a nossa vida é a que mais se transforma quando servimos ao próximo. Quando ouço essas histórias, me pergunto: quantas outras vidas poderíamos transformar se tivéssemos mais associados? E quantas outras pessoas se associariam se compartilhássemos adequadamente nossas histórias?

Neste ano rotário, peço que compartilhem suas histórias rotárias com seus amigos, nas redes sociais e em nosso website. São essas histórias pessoais que nos inspiram, motivam outras pessoas a se juntarem a nós e iluminam nosso serviço enquanto Fazemos o Rotary Brilhar.


Janeiro 2015

No início deste ano, pedi para os rotarianos Fazerem o Rotary Brilhar com a realização de um Rotary Day. O formato do evento fica a critério de cada um: pode durar o dia todo ou apenas algumas horas; ser organizado por clubes, distritos ou em âmbito nacional; e ser um projeto, festival ou qualquer outro tipo de atividade. Se for aberto à comunidade, envolver a família rotária e for divertido, ele será considerado um Rotary Day.

O objetivo do evento é colocar a nossa organização em evidência. Por muitos anos, sentimos que não era apropriado nos vangloriarmos do bom trabalho do Rotary. Achávamos que era melhor prestar nossos serviços silenciosamente e deixar que nosso trabalho falasse por si só. Mas hoje, muitas pessoas nem sabem que há Rotary Clubs em suas comunidades. Não porque os clubes não sejam fortes ou porque não estejam atuando de forma eficiente, mas porque os rotarianos não falam sobre o seu trabalho. Se não divulgarmos o que fazemos, as pessoas jamais nos conhecerão!

É hora de Fazermos o Rotary Brilhar e divulgarmos o nosso trabalho. Na primeira metade deste ano rotário, fiquei muito entusiasmado em ver como os rotarianos aceitaram o meu desafio do Rotary Day. Participei destes dias especiais em muitos lugares, como Filipinas, Coreia, China, Estados Unidos, Turquia, Índia, Taiwan, Sri Lanka e Bangladesh. Cada um deles foi diferente e Fez o Rotary Brilhar de sua própria maneira.

Se você organizou um evento em sua cidade, conte-nos como foi. Envie detalhes e fotos para rotarian@rotary.org, escrevendo "Rotary Day" no assunto. Faremos o possível para divulgar o maior número de Rotary Days nos próximos meses.

Caso contrário, ainda dá tempo. Os Rotary Days são ótimas maneiras de compartilhar o amor que sente pela nossa organização com a sua comunidade. Quando contamos aos outros sobre o Rotary e como ele enriquece as nossas vidas, compartilhamos um presente que nos foi dado quando fomos convidados a entrar para os nossos clubes. Ao passar este presente adiante, ajudamos a garantir que nossa organização e seus serviços perdurem por muitas e muitas gerações.


Dezembro 2014

Se você olhar para o calendário do Rotary, rapidamente verá onde se encontram as prioridades da nossa organização. O ano rotário começa em julho. Logo em agosto comemoramos o Mês do Desenvolvimento do Quadro Associativo e Expansão; setembro é dedicado às novas gerações, outubro, aos Serviços Profissionais e assim por diante. Cada mês é voltando a um tópico rotário relevante.

Esta é uma excelente prática, pois nos faz discutir assuntos que podem ser esquecidos durante um ano rotário em que estivermos muito ocupados. Cada tópico em nosso calendário – de companheirismo à nossa Fundação – é importante, pois cada um ajuda a diferenciar a nossa organização das outras e nos motiva a ser rotarianos.

Dezembro é Mês da Família Rotária. Durante todos os meus anos na nossa organização, vejo a importância da família para o Rotary e do Rotary para a família.

Minha esposa, Corinna, decidiu se associar ao Rotary há poucos meses, depois de muitos anos como cônjuge de rotariano. Os nossos três filhos também são rotarianos e cada um deles se associou a um clube diferente. Eles encontraram seus próprios caminhos na nossa organização e nós nos sentimos abençoados por ter tantos membros da nossa família envolvidos nos serviços rotários.

A nossa organização nos dá a oportunidade de fazer o bem e de compartilhar nossas experiências uns com os outros. Não há falta de assuntos interessantes sobre os quais podemos conversar quando nos reunimos, pois cada um presta um serviço humanitário diferente e sempre há algo novo para aprendermos.

As nossas conversas também ajudam a ensinar os nossos filhos sobre o que realmente é importante na vida. Eles ouvem sobre como a vida é diferente em outras partes do mundo e aprendem que temos a obrigação de ajudar o próximo sempre que possível. Não consigo pensar em melhor lição para a nossa família do que aprender sobre os serviços rotários.

Espero que, neste ano, vocês incentivem os membros da sua família a se juntarem a nós no Rotary, Rotaract ou Interact. Trazer sua família ao Rotary Faz o Rotary Brilhar e ilumina a sua vida também.


Novembro 2014

Estou mais empolgado do que nunca nestes últimos quatro meses em que estamos Fazendo o Rotary Brilhar. Nos 22 países que visitei até agora, tive o prazer de conhecer muitos companheiros rotarianos e projetos fantásticos feitos por eles. Tive o privilégio de participar de vários eventos, como reuniões de clube, Institutos Rotary, jantares da Fundação e Rotary Days.

Sinto uma grande honra quando sou convidado a uma celebração, o que vejo como um convite a uma festa de um membro da minha família rotária para ocupar um lugar de destaque. A nossa é, sem dúvida, a maior família do mundo!

Há quem diga que o Rotary foi construído no servir, onde cada projeto é mais um tijolo em nosso edifício rotário. Se o serviço que prestamos é representado por tijolos, então não resta dúvidas de que a amizade é o cimento que segura estes tijolos. Vejo isto diariamente, principalmente nas celebrações de centenário dos clubes.

Ocupar a cadeira de presidente no 110° aniversário da nossa organização é uma sorte muito grande. Quando visito clubes antigos, nada mais natural do que satisfazer a minha curiosidade sobre o segredo de tanta longevidade. Um fato curioso é que estes clubes costumam estar entre os mais produtivos. Eles são grandes, atraentes e fazem um excelente trabalho, e o melhor, os associados se divertem.

O segredo está justamente aí. No Rotary, as amizades verdadeiras e o bom servir caminham lado a lado. Quando gostamos do que fazemos, queremos fazer mais e melhor. Temos vontade de ir às reuniões, mesmo que nossas vidas sejam atribuladas, pois procuramos fazer com que o Rotary seja uma prioridade. Isso porque queremos estar entre amigos e queremos aprender e ser úteis.

É por esta razão que ainda estamos aqui, depois de mais de 109 anos. Tem um ditado chinês que diz que uma vida sem amigos é uma vida sem sol.

Nossas amizades em Rotary são como um sol em nossas vidas, e são estas amizades e o servir que nos motivam a Fazer o Rotary Brilhar.


Outubro de 2014

Jonas Salk, um homem que mudou a história da humanidade com a invenção da primeira vacina eficaz contra a pólio, nasceu em outubro de 1914. Quando a vacina foi introduzida nos Estados Unidos, nos anos50, pesquisas indicavam que a doença era um dos dois maiores medos da nação, seguida apenas do temor de uma guerra atômica. E com razão: na epidemia de 1952 no país, 58.000 casos foram reportados, com 3.145 mortes e 21.269 casos de paralisia permanente. Globalmente, a poliomielite paralisava ou matava até meio milhão de pessoas por ano.

Logo depois que a vacina Salk foi criada, Albert Sabin desenvolveu a versão oral, permitindo que grandes números de crianças pudessem ser imunizadas de forma rápida, segura e barata. Em 1985, criamos o Programa Pólio Plus com uma simples meta: imunizar todas as crianças menores de 5 anos contra a doença. Graças, em grande parte, ao sucesso inicial do Pólio Plus, os 166 estados membros da Assembleia Mundial da Saúde definiram, em 1988, a meta de erradicar a pólio mundialmente.

Na época, a ideia era incrivelmente ambiciosa e, para muitos, impossível. Hoje, estamos mais próximos do que nunca de concretizarmos o nosso objetivo, com apenas algumas centenas de casos reportados por ano e somente três países endêmicos. Estamos no caminho certo para conseguirmos a completa erradicação até 2018, desde que continuemos mantendo o progresso que nos trouxe até aqui.

Neste mês, celebramos o Dia Mundial de Combate à Pólio no dia 24 e comemoramos os 100 anos do nascimento do Dr. Salk.

Por isso, peço que cada rotariano Faça o Rotary Brilhar, promovendo o nosso trabalho na erradicação da pólio. Ligue para oficiais do governo e fale sobre a importância da erradicação. Acesse www.endpolionow.org/pt para ler histórias inspiradoras sobre o trabalho do Rotary e divulgue-as em suas redes sociais. E faça um excelente investimento, doando para a causa no site www.endpolionow.org/pt e conseguindo a equiparação de 2:1 da Fundação Bill e Melinda Gates.

Quando erradicarmos a pólio, vamos criar um futuro melhor para o mundo e para o Rotary, vamos provar que somos uma organização capaz de grandes feitos e vamos dar aos nossos filhos e netos um presente que durará para sempre: um mundo livre da paralisia infantil.


Setembro de 2014

Um dos maiores privilégios da presidência do Rotary International é ter a chance de visitar tantas partes do mundo. Geralmente viajo para participar de eventos rotários; fazer apresentações em Rotary Clubs, Conferências e Institutos; e incentivar os rotarianos em seu trabalho humanitário. Mas como presidente, também tenho o privilégio de apoiar o trabalho das nossas gerações mais jovens: rotaractianos, interactianos, estudantes do Intercâmbio de Jovens e participantes do RYLA.

Quando vejo o trabalho que os rotarianos fazem, sempre fico impressionado, entusiasmado e inspirado. Quando vejo o trabalho que as novas gerações fazem, fico do mesmo jeito, mas, frequentemente, surpreso também. Não só pela qualidade de seu trabalho, mas por sua criatividade. Olho as coisas que fazem e não penso apenas "que ótimo trabalho!", mas sim "que ótima ideia!". Todas as gerações veem o mundo de forma diferente, e todas as pessoas têm diferentes pontos de vista. Frente aos mesmos problemas, encontramos as mais variadas soluções. É por isso que, no Rotary, a nossa diversidade – de cultura, idioma, conhecimento, sexo e idade – é a nossa força.

No Rotary, tentamos pensar a longo prazo quando se trata do nosso trabalho. Queremos servir de maneiras que farão uma diferença duradoura, que continuarão causando impacto positivo depois do término da nossa participação. Nossas gerações mais jovens, de acordo com a minha experiência, compartilham este sentimento e aplicam o mesmo conceito globalmente, concentrando-se em questões ambientais de maneiras inovadoras. Quando eu me tornei rotariano, questões ambientais estavam praticamente fora do nosso radar. Para os jovens de hoje, estas preocupações são centrais. Suas perspectivas são válidas contribuições para o mundo de serviços rotários, e algo que todos devemos incentivar e apoiar. Assim como eles aprendem conosco, devemos aprender com eles.

Os jovens que hoje estão no Rotaract, Interact, Intercâmbio de Jovens e RYLA são os rotarianos de amanhã. Quando os apoiamos, estamos apoiando o futuro de nossa organização como um todo e ajudando a treinar homens e mulheres que serão nossos futuros líderes de clube, governadores de distrito, diretores e presidentes do Rotary International.


Agosto de 2014

Nós comemoramos o Mês do Quadro Associativo e Expansão em agosto. A razão para lembramos da importância de nossos associados logo no início de cada ano rotário é que nunca é cedo demais para trabalharmos pelo aumento do nosso quadro associativo.

Há anos que temos falado sobre a importância da família rotária. Este ano, eu quero que a prioridade em termos de quadro associativo não seja apenas na família rotária, mas também em nossas próprias famílias. Após 37 anos me seguindo no Rotary, minha esposa Corinna finalmente tornou-se rotariana no ano passado. Estávamos na inauguração de um novo clube em Taiwan quando ela disse: "Chegou a hora de me tornar rotariana!". Ela então se associou a esse clube, que hoje possui 102 associados e é o segundo maior de Taiwan.

O ato de convidar nossos cônjuges para se juntarem ao Rotary não visa apenas aumentar nossos números. A verdade é que a nossa organização ainda possui muito mais homens do que mulheres, e isso é algo que deve ser trabalhado. Quanto mais mulheres tivermos conosco, mais associadas em potencial virão para nossos clubes, e com isso aumentamos a diversidade e produtividade.

Este ano teremos um distintivo de lapela para apoiar o desenvolvimento do quadro associativo. Isto significa que se você convidar uma pessoa para se associar à nossa organização, você recebe um pin especial. Porém, todos nós sabemos que esta tarefa não termina quando a pessoa se junta a nós. Ela só termina quando o associado começa a sentir prazer em ser rotariano e não tem vontade de sair do Rotary. Por isso, precisamos garantir que nossos clubes sejam lugares agradáveis.

As pessoas se associam ao Rotary por vários motivos, mas permanecem quando acham que a nossa é uma organização divertida e que lhes dá oportunidades. Por isso, quero lembrar a todos vocês para se divertirem em seus clubes e distritos. A nossa organização é baseada na ideia de que o nosso serviço é mais eficaz quando servimos juntos com nossos amigos. Então, vamos compartilhar o que temos e Fazer o Rotary Brilhar!


Julho de 2014

Muitos valores tradicionais chineses também estão presentes no Rotary, como servir, agir com responsabilidade e respeitar a família e o próximo. Costumo dizer que Confúcio foi o primeiro rotariano do mundo, pois embora tenha morrido 2.500 anos antes da fundação do Rotary, suas ideias eram extremamente rotárias. Uma das coisas que ele disse foi: "é melhor acender uma única vela do que ficar sentado, reclamando da escuridão".

Acho que esta frase resume bem o nosso trabalho. Muitas pessoas, ao pensarem nas dificuldades do mundo e em todos que precisam de ajuda, costumam dizer: "não há nada que eu possa fazer". E como não fazem nada, as coisas continuam iguais. Mas esta não é a maneira de agir do Rotary.

Como Confúcio, acreditamos que cada vela é importante. Eu acendo a minha, você acende a sua e cada um dos 1,2 milhão de associados faz o mesmo. Juntos, temos muito mais força do que sozinhos. Juntos, podemos fazer o mundo brilhar.

É isso que peço em 2014-15: quero que cada um de vocês Faça o Rotary Brilhar.

Há várias maneiras de Fazer o Rotary Brilhar. Vocês podem organizar um Rotary Day para mostrar às comunidades o que o Rotary é e faz, envolver os Rotaract e Interact Clubs em seus projetos humanitários para atrair as novas gerações e convidar outras pessoas a se associarem, inclusive cônjuges e familiares, para contribuir ao fortalecimento da nossa organização.

A coisa mais importante para Fazer o Rotary Brilhar é terminar o trabalho começado há mais de 25 anos: erradicar a pólio da face da Terra. Estamos prestes a alcançar nosso objetivo, mas só teremos sucesso se continuarmos lutando e trabalhando para conseguir os fundos necessários à reta final da iniciativa contra a paralisia infantil.

Faça o Rotary Brilhar é mais do que o nosso Lema. É o modo pelo qual vemos o mundo ao nosso redor e o papel que temos a desempenhar. Nós acreditamos que podemos nos unir e Fazer o Rotary Brilhar. Este é o nosso objetivo, e o meu desafio a vocês.