Novos clubes

Ao fundar um novo clube, você fortalece o quadro associativo do Rotary e amplia nossa capacidade de conectar perspectivas diferentes e causar mudanças positivas na comunidade. Embora os governadores de distrito sejam responsáveis pela formação de novos clubes, seu clube pode ser padrinho de um deles.

Por que iniciar um novo clube?

Pense em organizar um novo clube se:

  • Uma região próxima ao seu clube não tiver um clube
  • Seu clube não puder mais comportar novos associados
  • Os associados precisarem de uma outra opção de horário para se reunir
  • Os associados preferirem se reunir on-line

Como criar um novo clube?

Primeiro, entre em contato com o governador ou a Comissão Distrital de Expansão, pois eles avaliam o processo e aprovam a formação de clubes. Lembre-se que:

  • Um clube novo deve ter no mínimo 20 associados fundadores
  • Pelo menos metade deles deve morar ou trabalhar na comunidade onde o clube estiver sediado, a menos que seja um e-club
  • O clube padrinho, se houver um, deve ter pelo menos 20 associados

Qual a responsabilidade do clube padrinho?

Embora não seja obrigatório que um clube novo tenha um clube padrinho, ele pode ser beneficiado nesta parceria, principalmente nos primeiros anos. O clube padrinho pode:

  • Ajudar o representante especial do governador a planejar e organizar os processos administrativos do novo clube
  • Auxiliar a planejar projetos e atividades
  • Explicar ao clube novo as normas e procedimentos do Rotary
  • Realizar atividades conjuntas de arrecadação de fundos
  • Aconselhar os dirigentes do clube novo

Encontre mais ideias no Guia para Organização de Novos Clubes e no Guia para Desenvolvimento do Quadro Associativo.

Por que criar um e-club?

Os Rotary E-clubs oferecem todos os benefícios de um Rotary Club com a flexibilidade das reuniões on-line. Saiba mais sobre como funcionam, formatos de reunião e projetos.

Materiais de referência

Dicas

Apoio rotário